I


há na página
da mão

macia
geada
que se desfaz

palavra
por palavra, na transparência

do osso 
da voz.

essa voz,
aparentemente nossa.




Setembro 2017, 11

Sem comentários:

Enviar um comentário